Carreiras Jurídicas – Delegado – Polícia Federal

Voltar para Blog, Notícias e Concursos

Carreiras Jurídicas – Delegado – Polícia Federal

Uma das carreiras mais importantes para a organização e ordem pública do país é a de delegado federal. Ele precisa manter a serenidade e a tranquilidade para os desafios nem sempre esperados, além da perseverança e determinação para os enfrentamentos do dia a dia. Inteligência, sagacidade e habilidade para realizar uma diligência cautelar sem provocar dano ao patrimônio alheio.

Seu senso de justiça e respeito precisam ser bem aguçados para realizar as investigações. O delegado é o responsável pela informatio delicti – devendo produzir com literalidade, sem interpretações.


É muito importante ressaltar que como é um trabalho que lida com um bem dos mais preciosos, que é a liberdade do homem, deve ser desempenhado de forma imparcial e isenta, para apurar fatos.


É uma carreira desafiadora, mas gratificante. Conheça um pouco da história do professor de Direito Penal e Processo Penal do Curso Ênfase:


A aprovação de Marcelo Daemon no concurso de 2004 para delegado federal é um tanto quanto inusitada. Ele assumiu apenas em 2009, pois não estava formado em direito quando passou no concurso.

 “Eu ainda não estava formado, mas vinha estudando há algum tempo, e acredito que a formação militar me ajudou a ter disciplina. Me preparei para a prova para delegado federal em 1 ano árduo de muito estudo”, conta.

 Segundo ele, o dia a dia de um delegado pode ser resumido em gerenciar atividades de investigação da equipe da PF.

 “Um dos maiores desafios dos delegados federais é conseguir entregar o conjunto probatório possível dentro dos fatos que ele investiga para a parte requerente”, afirma.

  

SOBRE O CARGO DE DELEGADO POLÍCIA FEDERAL

 

Atribuições

Exerce a atividade policial no combate aos crimes praticados em detrimento do patrimônio e serviço da União Federal, destacando-se ainda o policiamento de fronteiras e o combate ao tráfico internacional de entorpecentes.Instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais.

Participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o Órgão na consecução dos seus fins.

A condução do inquérito policial, investigação de natureza policial, revelar a autoria do fato e dinâmica, entregar ao titular da ação penal

 

 

REQUISITOS

 

·         Ser bacharel em ciências jurídicas.

·         3 (três) anos de experiência jurídica ou policial.

 

 

REMUNERAÇÃO

Inicial de R$ R$ 16.830,00 reais (atualmente)

 

 

DISCIPLINAS ESPECÍFICAS

O concurseiro deve focar mais na elaboração da peça típica do delegado federal (é o diferencial do candidato que tem um bom desempenho na prova), precisa estudar as medidas cautelares inerentes à atividade do delegado, representações que o delegado faz, previstas no código de processo penal e leis especiais.

Um dos maiores obstáculos é a falta de preparo físico, já que é exigido um nível de preparação bem forte.

 

ETAPAS DO CONCURSO

O concurso é dividido em três fases:prova objetiva,  prova discursiva (somente com o foco em penal, processo penal, constitucional e administrativo), e a prova de peça profissional, sendo a própria da autoridade policial e vinculada a capacidade postulatória do delegado de polícia, que é a representação.

 

DIFERENÇAS ENTRE DELEGADO POLÍCIA FEDERAL E DELEGADO POLÍCIA CIVIL

O Delegado Federal tem a função de relevar autoria e existência do crime que envolve prejuízo diretamente causado à União ou a suas empresas públicas, autarquias e fundações federais.

Dessa forma, o Delegado Civil fica com um maior número de atribuições, assumindo, consequentemente, as investigações de todos crimes que não são investigados pela PF.

 

O professor Marcelo encerra com um recado:

“Não desistam do seu sonho. Se esse é o seu sonho, vá até o final. Só existem dois tipos de pessoas que estudaram para concurso, os que passaram e os que desistiram. Ninguém ficará estudando a vida toda para concurso público. Mantenha o foco, saiba o que quer, procure estar sempre motivado e planeje nos seus estudos. Seja organizado e priorize os tópicos que caíram com maior frequência nas provas dos últimos concursos. Grande abraço. Boa sorte!”

Comece hoje mesmo a sua preparação para a prova da Polícia Federal, conheça nosso Curso Federal DPF, e seja você também um delegado federal!


Compartilhe este post

Voltar para Blog, Notícias e Concursos