Analista e Técnico TRF1: você por dentro do concurso!

Voltar para Blog, Notícias e Concursos

Analista e Técnico TRF1: você por dentro do concurso!

Mais um grande concurso está com edital previsto para ser lançado em 2017. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região já tem comissão formada desde fevereiro de 2015 e é grande a expectativa para um novo certame, que ofertará vagas para analistas e técnicos judiciários.

De acordo com o Tribunal, a administração empenha-se em conseguir, junto ao Conselho da Justiça Federal (CJF), a liberação de recursos orçamentário-financeiros, por parte da Secretaria do Orçamento Federal, para o lançamento do edital.

A comissão, que se concentra na elaboração de todos os detalhes do novo certame, é composta por seis membros e um suplente, que ficará encarregado de substituir o presidente em suas ausências (veja imagem abaixo).

                                

O TRF1 é o maior Tribunal do país. Com sede em Brasília e jurisdição nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins, o órgão possui concurso para técnico judiciário – área administrativa com prazo de validade vencido desde 2015 e uma seleção para analista judiciário – área judiciária com prazo de validade vencido em junho do ano passado.

O último concurso TRF1 para esses cargos foi realizado em 2011 (veja o edital), sob organização da Fundação Carlos Chagas. Na ocasião foram oferecidas vagas para analista judiciário nas especialidades judiciária e execução de mandados; administrativa; e apoio especializado – contadoria.

Para nível médio, as oportunidades foram para as áreas administrativa, operação de computador e segurança e transporte. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. Os que disputavam o cargo de técnico judiciário foram testados por 55 questões, distribuídas em 25 questões de conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos, além de uma prova prática. Já os que concorreram a uma vaga de analista judiciário resolveram 60 questões, além de uma redação.

Para os três principais cargos (AJAJ, AJAA e Técnico – Área Administrativa) foram cobradas as seguintes disciplinas:

Conhecimentos básicos

Analistas:  Língua Portuguesa e Noções de Informática.

Técnicos – Área Administrativa: Língua Portuguesa, Noções de Informática e Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático.

Conhecimentos específicos

Analista Judiciário – Área Judiciária – Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal e Regimento Interno do TRF − 1ª Região

Analista Judiciário – Área Administrativa – Noções De Administração, Administração Pública, Noções de Administração Financeira e Orçamentária, Noções de Gestão de Pessoas e Regimento Interno do TRF − 1ª Região.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Noções De Direito Administrativo, Noções De Direito Constitucional, Noções de Direito Processual Civil, Noções de Direito Processual Penal e Noções de Regimento Interno do TRF − 1ª Região.

Os ganhos iniciais eram de R$ 6.551,52 para analistas e R$ 3.993,09 para técnicos. Confira abaixo o quadro com os cargos, os pré-requisitos e as respectivas remunerações:

                

Atualmente, o cargo de técnico judiciário tem remuneração de R$ 7.111,86, somando vencimento de R$2.965,38, gratificação de atividade judiciária (GAJ) de R$3.202,61, vantagem pecuniária individual (VPI) de R$59,87 e auxílio-alimentação de R$884. Já o cargo de analista judiciário, por sua vez, conta com rendimentos de R$11.063,80 considerando vencimento de R$4.865,35, GAJ de R$5.254,58, VIP de R$59,87 e auxílio alimentação de R$884. Um outro atrativo é que as contratações ocorrem pelo regime estatutário, que assegura estabilidade no emprego.

Prepare-se para conquistar a sua vaga no próximo concurso!

Sabendo que os concursos estão cada vez mais exigentes, o Curso Ênfase lançou cursos de Reta Final específicos para o concurso do TRF1. É uma preparação intensiva, com aulas baseadas na apresentação de exercícios e abordagem dos temas mais cobrados.

Além do conteúdo de qualidade, os alunos terão acesso aos resumos das disciplinas jurídicas, uma ferramenta indispensável para os estudos, pois auxilia na otimização do tempo. Há também o Guia de Estudos Estatísticos, com o qual os alunos terão o estudo direcionado com base na análise estatística dos assuntos mais cobrados nos editais anteriores. Um detalhe importante, no Curso Ênfase você tem a Garantia da Disciplina Inédita, isto é, o Curso disponibilizará gratuitamente disciplinas que sejam cobradas no Edital publicado após o início das aulas e que não façam parte da grade de disciplinas, durante o período de acesso ao curso.

Para exercitar o conteúdo assimilado, o Curso Ênfase oferece ao aluno o Caderno de Questões, que traz questões de provas de acordo com o foco do seu concurso. Tem ainda o Chat online com os professores, momento em que os alunos acompanharão, ao vivo, dicas de estudos para cada cargo, e o Simulado Online, que possibilita ao aluno descobrir seu nível de preparação e identificar seus pontos fortes e os pontos que precisam de mais atenção.

Caso ainda fiquem dúvidas sobre os conteúdos ministrados, o aluno pode contar com a Central Ênfase de Dúvidas (CED), composta por uma equipe de Tutores e Residentes Jurídicos especializados por disciplina jurídica para tirar as dúvidas dos assuntos abordados em aula. Outro grande destaque do Curso Reta Final é o Superedital, um material elaborado pelos professores, reunindo todos os itens que podem ser cobrados em cada uma das matérias. E tem mais! DUAS GRANDES NOVIDADES para intensificar a preparação e treinar os conhecimentos: as Rodadas de Questões Objetivas Inéditas (elaboradas pelos professores) e a Correção da última prova realizada pela banca organizadora do concurso, para o respectivo cargo do seu curso.

O concurso do TRF1 está entre os mais aguardados de 2017. Se você quer entrar na disputa, esteja bem preparado! Conte com o Curso Ênfase e os Cursos de Reta Final para o TRF1. Vamos juntos rumo a sua aprovação!

 

 

Compartilhe este post

Voltar para Blog, Notícias e Concursos