Aprenda a lidar com a procrastinação

Voltar para Blog, Notícias e Concursos

Aprenda a lidar com a procrastinação

Você sente vontade de estudar para concursos públicos, mas não consegue começar? Tem dificuldade para estudar quando a data da prova está muito longe? Ou, mesmo quando você decide estudar bastante, aparece outra coisa mais interessante para fazer e muda o foco?

Se a resposta é sim para alguma dessas perguntas, você precisa aprender a lidar com a procrastinação. E a retomada dos estudos no início deste ano é uma ótima oportunidade para isso.

Procrastinar é adiar, deixar de fazer o que você sabe que tem que fazer hoje. Na nossa cabeça funciona assim: quando sabemos que temos que fazer algo que não gostamos muito, nosso cérebro associa essa atividade a dor e direciona nossa a atenção para algo mais prazeroso. A sensação imediata é de prazer, mas, a longo prazo, é de angústia por não termos feito algo que sabemos que deveríamos ter feito.

Confira, então, três dicas especiais para ajudar você a lidar com a procrastinação nos estudos.

1. Crie uma rotina. A procrastinação é um mau hábito. Portanto, a principal forma de lidar com ela é substitui-la por um bom hábito. E isso requer repetição. Então é necessário reprogramar a sua mente viciada em procrastinar para que ela aprenda a fazer automaticamente o que deve fazer. Uma boa forma de criar a rotina de estudos é escrever o que você vai estudar e que horas você vai começar e parar. Mas, ao construir essa rotina de estudos, não comece de vez, vá aos poucos. Se por acaso falhar nos primeiros dias, não fique frustrado, porque isso é absolutamente normal. O importante é sempre seguir em frente e estar aberto para eventuais ajustes nos planos.

2. Entre no fluxo. Não é raro começar uma sessão de estudos com uma sensação incômoda, com um pouco de vontade de desistir. Nesses momentos, simplesmente insista mais um pouco. Com o passar do tempo, o estudo começa a fluir e se torna mais prazeroso. Uma boa dica para entrar nesse fluxo é se concentrar no “processo”, não no “resultado”. Ou seja, concentre-se no que você está fazendo, e não em terminar um capítulo, fechar o edital, passar no concurso etc. Pensar no “resultado” faz disparar a sensação de dor em seu cérebro. Outra coisa também importante para entrar no fluxo é evitar distrações,estudando em um lugar tranquilo ou desligando o celular, por exemplo.

3. Use a técnica Pomodoro. Esta técnica consiste em utilizar períodos ininterruptos de concentração “turbinada” de 25 minutos, seguidos de um pouco de relaxamento. Sugerimos 25 minutos, porque a maior parte das pessoas consegue manter a concentração por esse tempo, mas você pode definir outro. Depois de cada período, tire um tempinho para relaxar, fazendo algo prazeroso, como assistir a um vídeo engraçado ou comer uma barra de chocolate, para recompensar o esforço.

Essas três dicas, com certeza, vão te ajudar a priorizar os estudos e a parar de deixar a luta pelo seu sonho sempre para depois.

Por Anderson Silva (Juiz Federal TRF2)  

Compartilhe este post

Voltar para Blog, Notícias e Concursos