Saiba como é a carreira do Auditor de Controle Externo!

Voltar para Blog, Notícias e Concursos
Carreira do auditor de controle externo: saiba como é

Saiba como é a carreira do Auditor de Controle Externo!

A carreira do Auditor de Controle Externo é bastante procurada por concurseiros, uma vez que permite o acesso a um dos cargos mais importantes para o Tribunal de Contas. Afinal, esse profissional controla o uso do dinheiro público arrecadado pelo Estado, uma função de grande valia para a sociedade como um todo e para a preservação das instituições democráticas.

Para obter a aprovação no concurso de auditor de controle externo é preciso muita dedicação e estudos! Como recompensa, o concurseiro receberá remuneração elevada e terá estabilidade no cargo.

Quer saber tudo sobre a carreira de Auditor de Controle Externo e como ingressar nela? Confira nossas dicas a seguir!

As atribuições da carreira do Auditor de Controle Externo

Os Auditores de Controle Externo também são conhecidos como Auditores Públicos externos e integram a estrutura do Poder Legislativo, ao qual se vinculam os Tribunais de Contas da União, Estados e Municípios.

Sua principal atribuição é de fiscalizar se a receita pública obtida pelo Estado por meio da arrecadação de tributos está sendo corretamente utilizada. Portanto, esses profissionais têm uma função importante de auxílio na fiscalização contábil, patrimonial e financeira do Erário, que viabiliza prevenir e combater a corrupção, além de preservar a democracia por meio da transparência e controle social.

Essas atribuições estão previstas no Artigo 70º da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Na prática, o seu exercício pode se dar por meio de pareceres e da colheita de evidências. O bom desempenho das tarefas por esses profissionais garante a eficiência da máquina pública, em atendimento à legalidade e economicidade. Afinal, eles garantem que os recursos arrecadados sejam empregados de maneira correta.

Além de exercer uma importante função para o país, os Auditores de Controle Externo contam com vários benefícios profissionais. Eles têm direito a uma carga horária de trabalho de 7 horas diárias, recesso de fim de ano com duração de 30 dias, auxílio alimentação, auxílio saúde e, se for o caso, auxílio pré-escolar.

Portanto, vale a pena estudar bastante para conseguir passar em um concurso dessa área!

A remuneração desses profissionais

O importante trabalho desempenhado por pelos Auditores também é reconhecido financeiramente, pois a remuneração para o cargo é bastante atrativa. Ao longo da carreira, ainda é possível atingir o teto do ente correspondente para o qual se trabalha.

Cada ente da federação regula de maneira própria qual deve ser a remuneração de seus servidores. Em todos os casos, inclusive nos Estados e Municípios, os Auditores de Controle Externo são muito bem remunerados.

Para se ter uma ideia, um Auditor de Controle Externo que atua perante o Tribunal de Contas da União recebe mensalmente uma remuneração que varia entre R$22.802,97 (vinte e dois mil oitocentos e dois reais e noventa e sete centavos) a R$31.785,32 (trinta e um mil setecentos e oitenta e cinco reais e trinta e dois centavos), conforme o estágio da carreira na qual se encontra.

Sendo assim, os salários são realmente atrativos, o que torna os concursos para a carreira do Auditor de Controle Externo bastante disputados entre concurseiros de todo o país.

Os concursos para Auditor de Controle Externo

Para ser habilitado a concorrer ao cargo de Auditor é preciso ter concluído um curso de nível superior ou equivalente em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Também são aceitas formações superiores Tecnológicas. Não é exigida formação específica em Direito.

O nível de exigência das provas costuma ser bastante elevado, assim como a concorrência. No último concurso do Tribunal de Contas da União, realizado em 2015, foram disponibilizadas 66 vagas para Auditor em diversas áreas do país e o número de inscrições chegou a 9.417.

São aplicadas provas objetivas e discursivas, incluindo uma peça técnica e questões abertas. Como dito, cada concurso tem o seu regulamento, de modo que é importante ficar atento e ler todo o Edital antes de iniciar a preparação.

A frequência de realização dos concursos é variável e depende da disposição orçamentária e das necessidades de pessoal de cada ente da federação. Para se ter uma ideia, em março de 2019 havia 176 cargos de Auditor de Controle Externo que estavam vagos no Tribunal de Contas da União.

A preparação para as provas

Tendo em vista a altíssima concorrência, é essencial começar a preparação para o concurso com o máximo de antecedência possível, de preferência antes do Edital ser publicado. O primeiro passo é verificar os antigos Editais e analisar qual é a Banca examinadora.

Tomando por exemplo, o edital para o último concurso do TCU em 2015 teve o Cespe como banca examinadora. Essa banca tem tradição em organizar o certame, pois promoveu todos os que ocorreram nos últimos anos (TCE/PB 2018, TCE/PE 2017, TCE/PA 2016, TCE/SC 2016, TCE/PR 2016 etc). Desse modo, há grande expectativa de que ela permaneça encarregada dos próximos concursos.

Em seguida, é importante planejar um cronograma de estudos, contendo as disciplinas e tópicos previstos nos Editais. Normalmente, são cobradas questões divididas em Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Quanto aos Conhecimentos Gerais é preciso dominar a Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Raciocínio Analítico, Matemática Financeira, Noções de Estatística, Controle Externo, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Civil e Processual Civil, Direito Penal, Auditoria Governamental, e Análise de Informações.

A lista de disciplinas específicas é um pouco mais enxuta, mas não menos importante, compreendendo as Noções de Economia do Setor Público e da Regulação, Contabilidade Geral e Avançada, Análise das Demonstrações Contábeis, Contabilidade de Custos, Contabilidade Pública, Administração Financeira e Orçamentária, e Administração Geral e Pública.

Se você sonha em contribuir para a democracia, o controle dos gastos Públicos, tem interesse pelas áreas de Direito Público e Exatas, e deseja ter uma trajetória profissional de muito sucesso, a carreira do Auditor de Controle Externo é a opção perfeita! Estude bastante e logo será aprovado no certame.

Caso você deseje receber mais informações sobre essa e outras carreiras, além de novidades sobre os principais concursos do Brasil, não perca tempo e assine a newsletter do Ênfase! É só clicar aqui.

Compartilhe este post

Voltar para Blog, Notícias e Concursos