Carreiras policiais: entenda cada uma delas!

Voltar para Blog, Notícias e Concursos
carreiras policiais

Carreiras policiais: entenda cada uma delas!

A Polícia é uma instituição que, além de desempenhar função essencial para o convívio em sociedade, oferece diversas possibilidades de percurso profissional. O trabalho é bastante dinâmico, e por isso muitos concurseiros almejam seguir a carreira policial. Quer saber se você possui tudo o que é preciso para conquistar esse objetivo?

Vamos apresentar as principais informações sobre essas importantes funções para a segurança, prevenção e investigação de crimes no País! Conheça todas as possibilidades que estarão à sua disposição nessa instituição.

Entenda como funciona a carreira policial

As carreiras policiais se dividem em quatro grandes áreas. São elas:

  • Polícia Federal;
  • Polícia Rodoviária Federal;
  • Polícia Militar;
  • Polícia Civil.

Cada uma tem suas características únicas e nelas são desempenhadas distintas competências determinadas pela lei. Acompanhe!

Polícia Federal (PF)

A Polícia Federal atende a interesses de ordem pública federal. Suas atividades incluem a investigação de crimes federais ou internacionais complexos, mas também podem compreender atividades administrativas, como emissão de passaportes e documentos de viagem.

Polícia Civil (PC)

A Polícia Civil se encarrega da investigação de crimes da competência estadual. Sua atuação envolve análise de provas, documentos e evidências, tomada de depoimentos de vítimas e testemunhas e realização de perícias técnicas ou médicas, entre outras. É uma instituição subordinada ao governo dos Estados e do Distrito Federal.

Polícia Rodoviária Federal (PRF)

A PRF é responsável por patrulhar, fiscalizar e policiar todas as estradas e rodovias federais em território nacional. Além disso, a PRF desempenha a importante função de prestar socorro às vítimas de acidentes de tráfego.

Polícia Militar

Por fim, a Polícia Militar previne crimes nas regiões onde atua e cuida da segurança da sociedade. Além disso, é responsável por assegurar a aplicação e o cumprimento das leis vigentes.

Os concursos de todas essas quatro áreas são bastante concorridos, uma vez que o número de candidatos inscritos é sempre elevado. Por isso, é essencial contar com um curso preparatório e começar a estudar antes mesmo do lançamento do edital para estar à frente dos concorrentes no momento das provas.

Quais são as possibilidades de funções dentro dessas grandes áreas?

Em cada uma das grandes áreas acima apresentadas, existem diferentes possibilidades de percursos profissionais e cargos para os quais o estudante pode concorrer. Conheça agora as principais atividades exercidas por eles.

Polícia Federal

  • Delegado: conduz as operações e investigações da PC. É quem preside inquéritos, toma depoimentos e planeja e supervisiona as ações. Também pratica atividades administrativas.
  • Escrivão: é quem dirige o trabalho burocrático da delegacia durante o inquérito policial. Ele faz anotações nos livros oficiais, elabora autos de prisão, realiza indiciamentos etc.
  • Agente da Polícia Federal: preside as tarefas investigativas durante operações policiais por meio do levantamento de informações. Ainda, é responsável por dar cumprimento a mandados de prisão ou busca e apreensão.
  • Perito criminal: é quem produz as provas técnicas a partir da análise de evidências obtidas no local do crime, instrumentos utilizados pelo agente, exames laboratoriais, entre outros. Em seguida, deve elaborar o laudo pericial que embasará o inquérito.
  • Papiloscopista: tem atribuições variáveis, mas geralmente se responsabiliza por coletar e analisar impressões digitais, manusear cadáveres, operar equipamentos eletrônicos etc. As informações obtidas são armazenadas no banco de dados.

Polícia Civil

Na Polícia Civil, as carreiras da PF se repetem, sendo as funções desempenhadas em cada um dos cargos muito semelhantes, embora exercidas a nível federal, de acordo com os interesses da União.

Portanto, todas as atividades descritas no tópico anterior se aplicam à Polícia Civil, que mantém as carreiras de: Delegado, Escrivão, Perito e Papiloscopista. Em nível civil, as funções desempenhadas pelo Agente da Polícia Federal são da incumbência do Investigador de Polícia Civil.

Polícia Rodoviária Federal

Na PRF, é possível desempenhar a função de Policial Rodoviário Federal. Esse profissional vai progredindo na carreira de maneira horizontal após ser aprovado no concurso. Suas funções são cumulativas em decorrência desse fato e incluem:

  • cuidar da coordenação administrativa e operacional;
  • direcionar as atividades de corregedoria, inteligência e ensino;
  • articular o intercâmbio com outras organizações e corporações policiais nacionais e internacionais;
  • fiscalizar, patrulhar e policiar ostensivamente as estradas e rodovias federais;
  • prestar atendimento e socorro às vítimas de acidentes de trânsito.

Polícia Militar

Dentro da Polícia Militar, é possível seguir duas carreiras: Soldado e Oficial de Polícia Militar. Ambos atuam em graus hierárquicos diferentes para cumprir as funções de armeiros, execução do patrulhamento, auxiliar as relações públicas, serviços gerais da PM, atividades de almoxarifado e até atividades de digitador.

Como é o concurso para as carreiras policiais?

Nesses certames, são cobrados conhecimentos teóricos gerais, específicos e práticos. Normalmente, os concursos ocorrem em várias fases eliminatórias, nas quais diferentes habilidades dos candidatos são testadas.

As fases teóricas cobram conhecimentos de temas gerais relacionados ao Direito, como Direito Constitucional, Direito Administrativo, Penal, entre outros.

Já as provas específicas cobram temas específicos que compreendem aspectos e conhecimentos fundamentais para o desempenho de cada carreira. São exemplos os assuntos de competência de Delegados Federais ou de Delegados Civis.

Finalmente, as etapas práticas compreendem questões discursivas e a elaboração de peças técnicas, tais quais sentenças, pareceres, entre outras peças.

Quais são as habilidades necessárias para passar?

Cada uma das carreiras dentro das quatro grandes áreas na Polícia tem requisitos específicos para ingresso nos cargos, principalmente no que diz respeito ao nível educacional. Portanto, é sempre fundamental ficar atento aos editais dos certames e analisá-los bem para verificar se você atende a todos os requisitos.

Ainda assim, é possível verificar um ponto em comum entre todas as carreiras: a exigência de aptidão psicotécnica para exercer as atividades do cargo. Isso significa que o candidato deverá passar por um Teste de Aptidão Psicológica, também conhecido como TAP.

A avaliação psicotécnica deve ser esclarecida no edital do certame por meio de critérios claros, objetivos, científicos e universalmente aplicados a todos os concorrentes.

Esse teste avalia as aptidões e o estado mental dos concorrentes, a fim de selecionar indivíduos com características psicológicas e traços de personalidade compatíveis para atuar em situações como emprego de arma de fogo, solução de conflitos e envolvimento em situações de conflito.

Quais são os conhecimentos necessários para passar em carreiras policiais?

De modo geral, a maioria dos concursos para carreiras policiais exige que o candidato tenha conhecimentos em disciplinas como:

  • Direito Administrativo;
  • Direito Ambiental;
  • Direito Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito Econômico;
  • Direito Eleitoral;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Financeiro;
  • Direito Internacional Público;
  • Direito Internacional Privado;
  • Direito Penal;
  • Legislação Penal e Processual Extravagante;
  • Direito Previdenciário;
  • Direito Tributário;
  • Direitos Humanos;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Processual Penal;
  • Criminologia;
  • Execução Penal;
  • Medicina Legal;
  • Informática;
  • Português e técnicas especiais.

O concurseiro que possuir conhecimentos aprofundados em todas essas áreas estará preparado para passar em qualquer certame do Brasil!

Qual o perfil do profissional exigido nas carreiras policiais?

Em qualquer carreira policial que o concurseiro optar por seguir, dele serão exigidos requisitos para aprovação e exercício da função que se dividem em fundamentais, importantes e necessários. São eles

  • fundamentais: boa apresentação pessoal, capacidade de acatar normas e regras, atenção difusa, controle emocional, capacidade de adaptação, discernimento, disciplina, dedicação, imparcialidade, honestidade, bom senso, responsabilidade, prudência, rapidez de ação e reação;
  • importantes: atenção, capacidade de observação, concentração, autoridade, iniciativa, dinamismo, educação, memória visual, memória fisionômica, percepção, organização, sociabilidade e resistência à frustração;
  • necessárias: raciocínio dedutivo, indutivo, verbal, fluência oral e persuasão.

Em qualquer caso, são impedidos de assumir o cargo os indivíduos que apresentarem psicopatologias, vícios excessivos, heteroagressividade exacerbada, agressividade autodirigida e impulsividade exacerbada.

Como você pôde perceber, é preciso estar bastante preparado para driblar a concorrência e cumprir os requisitos de aprovação em carreiras policiais. Para isso, é fundamental contar com um bom curso preparatório, que ofereça acesso a aulas ministradas por bons professores, materiais de qualidade organizados por temas, resumos, questões comentadas, jurisprudência e leis relativas aos temas das aulas.

Gostou? Curta nossa a página do Facebook e fique por dentro de tudo sobre as carreiras policiais! Boa sorte nos concursos!

Compartilhe este post

Voltar para Blog, Notícias e Concursos