Concurso PC RJ 2019: 1.000 vagas confirmadas até dezembro

Voltar para Blog, Notícias e Concursos
Agente da Polícia Civil de costas mirando um pôr do sol.

Concurso PC RJ 2019: 1.000 vagas confirmadas até dezembro

O concurso para PC RJ 2019 foi oficialmente aprovado e os editais de cada cargo estão cada dia mais próximos de serem lançados.

Com este artigo, você saberá mais sobre o concurso da PC RJ: informações sobre o edital,  quantidade de vagas autorizadas, cargos disponíveis, requisitos necessários para cada vaga, além de informações sobre os editais anteriores.

 

Desvendando o edital

  • Data: 2019
  • Status: Edital iminente
  • Vagas: 1.000
  • Cargos: Delegado de Polícia, Inspetor de Polícia,
    Perito Legista, 
    Perito Criminal, Investigador,
    Auxiliar de Necropsia e Técnico de Necropsia
  • Banca: A definir
  • Edital: Iminente

 

Situação Atual

Fase de escolha da banca organizadora indica que a publicação do Edital é iminente

Depois que Wilson Witzel aprovou as vagas para o concurso, a corporação vem dando seguimento na escolha da banca organizadora. Somente depois disso, os editais podem ser publicados.

Anteriormente, em 2018, já havia sido aprovadas 96 vagas pelo então governador, Luiz Fernando Pezão. O que vinha impedindo o seguimento do concurso era justamente o aval positivo do governador atual, Wilson Witzel, que havia prometido 1.000 vagas para a PC RJ. 

Tivemos a confirmação no dia 7 de Junho, com possibilidades para todos os níveis de escolaridade. Ao todo, foram aprovadas 1.000 vagas, distribuídas entres os cargos de Delegado de Polícia, Inspetor de Polícia, Perito Legista, Perito Criminal, Investigador, Auxiliar de Necropsia e Técnico de Necropsia. 

A previsão é de que os editais do concurso para Polícia Civil do Rio de Janeiro sejam  publicados esse mês. 

 

Wilson Witzel autoriza 1.000 vagas para o Concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro

Na sexta-feira, dia 7 de Junho, o Governador do Estado do Rio de Janeiro confirmou 1.000 vagas para a PCERJ através de seu twitter. 

Vagas autorizadas e requisitos

 

CARGO NÚMERO DE VAGAS ESCOLARIDADES
Delegado de Polícia 100 Nível Superior em Direito
Inspetor de Polícia 500 Nível Superior em
qualquer área
Perito Legista 100 Nível Superior em: Medicina, Odontologia, Farmácia
ou Bioquímica
Perito Criminal 60 Nível superior em: Medicina, Bioquímica, Odontologia
e Farmácia
Investigador 100 Nível Superior em
qualquer área
Auxiliar de Necropsia 60 Nível Fundamental Completo
Técnico de Necropsia 80 Nível Médio Completo

 

Curso Teoria do Crime Concurso delegado Polícia

Últimos Concursos

Os últimos concursos da PC RJ ocorreram entre 2002 e 2013 com oferta de vagas para os seguintes cargos: 

  • Auxiliar de Necropsia: 97 vagas
  • Técnico de Necropsia: 50 vagas
  • Perito Legista: 44 vagas
  • Inspetor de Polícia: 600 vagas
  • Delegado: 150 vagas
  • Perito Criminal: 100 vagas

 

Delegado de Polícia do Rio de Janeiro

Com oferta de 150 vagas, organizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), o último concurso para o cargo de Delegado da PC RJ foi realizado em 2012. 

O concurso teve duas fases, divididas nas seguintes etapas:

1ª Fase:

  • Prova Objetiva Preliminar
  • Prova Discursiva
  • Prova Oral
  • Exame Psicotécnico
  • Prova de Capacidade Física e Avaliação Médica

2ª Fase:

  • Curso de Formação Profissional (CFP)
  • Investigação Social
  • Análise de Títulos

 

Prova Objetiva

A 1ª Fase do concurso teve início com a prova objetiva, aplicada em outubro de 2012, e contou com 100 questões. Foram 20 de direito administrativo, 20 de direito penal, 20 de direito constitucional, 10 de direito civil, 10 de medicina legal e 20 de direito processual penal. Confira na tabela abaixo:

 

DISCIPLINAS NÚMERO DE QUESTÕES VALOR DE CADA
QUESTÃO (PONTOS)
MÍNIMO DE
PONTOS EXIGIDOS
Direito Penal 20 5 50
Direito Processual Penal 20 5 50
Direito Administrativo 20 5 50
Direito Constitucional 20 5 50
Direito Civil 10 10 50
Medicina Legal 10 10 50

 

Nessa fase, os candidatos deveriam atingir uma pontuação mínima de 50 pontos em cada disciplina. A nota final é apurada por meio de média aritmética das pontuações obtidas em cada etapa.

Prova Discursiva

Na prova discursiva, cada prova consiste na elaboração de respostas a questões referentes a pontos do Conteúdo Programático, podendo compreender dissertações ou peças de Inquérito Policial. Confira na tabela abaixo:

 

GRUPO DE PROVAS DISCIPLINAS TOTAL DE PONTOS NÚMERO DE QUESTÕES VALOR DE
CADA QUESTÃO (PONTOS)
MÍNIMO DE
PONTOS EXIGIDOS
Direito Penal 100 4 25 50
Direito Processual Penal 100 4 25 50
Direito Administrativo 100 4 25 50
Direito Constitucional 100 4 25 50
Medicina Legal 100 4 25 50
Direito Civil 100 4 25 50

 

A avaliação, em cada questão, levou em conta o conhecimento jurídico, coerência,  coesão, clareza e objetividade do candidato, bem como a utilização correta do vocabulário e normas gramaticais.
Para a aprovação e convocação da prova oral, o candidato deveria acertar pelo menos 2 questões por disciplina. 

 

Prova Oral

Quanto à prova oral, foram realizadas em sessão pública, com uso de microfone. A FUNCAB registrou, em áudio e vídeo, cada uma das sessões da prova. 

As Bancas Examinadoras de cada disciplina estabeleceram um tempo limite de 10 minutos para cada candidato e as provas cobriam todas as disciplinas do programa. 

Os conteúdos poderiam ser sorteados, além da arguição feita pela Banca sobre outros pontos do Conteúdo Programático. 

Os candidatos bem sucedidos nessa etapa foram convocados a participar dos exames psicotécnico e médico e, por conseguinte, da  prova de capacidade física. Os devidamente aptos podem seguir para a próxima fase.

 

CFP – Curso de Formação Profissional

Os candidatos aprovados na primeira fase podiam fazer a inscrição para o Curso de Formação Profissional, mas apenas os bens sucedidos na segunda fase é que puderam dar início ao Curso.

Durante o CFP, os candidatos receberam uma bolsa-auxílio correspondente a 80% do valor do subsídio da classe inicial do cargo. Essa bolsa não configurava relação empregatícia, nem vínculo estatutário do candidato com o Estado. O curso funcionou como um regime de internato parcial.

 

Banca Examinadora

 

DIREITO CIVIL Guilherme Calmon (Desembargador, TRF2)
Renata do Amaral (Delegada PC RJ)
Frederico Price (Advogado, OAB RJ)
DIREITO PROCESSUAL
PENAL
Paulo Sérgio Rangel do Nascimento (Desembargador, TJ RJ)
Carlos Rangel (Delegado, PC RJ)
Carlos Augusto Nogueira (Delegado, PC RJ)
DIREITO
ADMINISTRATIVO
Alessandra da Silva Andrade (Delegada, PC RJ)
Marcos Felipe Pereira Gonçalves
Gomes da Motta (Delegado, PC RJ)
DIREITO
CONSTITUCIONAL
Marcus Neves (Delegado, PC RJ)
Luiz Marcelo Fontoura Xavier (Delegado, PC RJ)

 

Remuneração

 

CLASSE 2018 2019
R$ 19.727,83 R$ 20.378,55
R$ 18.788, 42 R$ 19.408,16
R$ 17.893,73 R$ 18.483,95

 

Como passar no concurso da PC RJ?

Nosso Reta Final para Delegado de Polícia Civil do RJ proporciona uma preparação completa, pensando em todas as habilidades a serem desenvolvidas durante a sua trajetória até a posse. Confira!

Compartilhe este post

Voltar para Blog, Notícias e Concursos