O que é abordado em um curso preparatório para concurso de Juiz Federal?

Voltar para Blog do Ênfase: Notícias, Artigos e Dicas Para Concursos Jurídicos
curso preparatório para concurso de juiz federal

O que é abordado em um curso preparatório para concurso de Juiz Federal?

O suporte de um curso preparatório para concurso de Juiz Federal ajuda o aluno a se preparar para os assuntos e as etapas de um dos certames mais difíceis do país, ao lado da carreira para o Ministério Público. Se você busca a aprovação nessa carreira do mundo jurídico, procure entender como estudar da maneira mais eficiente.

O que traz mais problemas para o candidato do concurso para magistrado não é a matéria em si exigida na prova, mas o tempo que é necessário se dedicar até aprender tudo que é cobrado para obter a tão sonhada aprovação.

Uma série de fatores podem agir durante essa jornada e fazer com que o candidato desista no meio do caminho, como a falta de planejamento, o acesso a conteúdos desatualizados e as estratégias ineficazes de estudo.

Esses e outros grandes problemas parecem se resumir à falta de um bom curso preparatório. Na sequência, veja em mais detalhes como as orientações de um curso preparatório para concurso de Juiz Federal conduzem o aluno à aprovação.

Análise do edital

A leitura minuciosa do edital é um dos requisitos essenciais para a preparação do candidato de qualquer concurso. No curso preparatório para concurso de Juiz Federal, esse cuidado é reforçado pelos professores com destaques sobre os requisitos e explicações presentes no documento.

Os detalhes em relação às características das etapas e aos requisitos exigidos no dia da prova do concurso são fundamentais para que o candidato não seja pego de surpresa.

Treinamento para as etapas do concurso

O curso preparatório para concurso de Juiz Federal abordas as dicas essenciais para conseguir bons resultados nas etapas de caráter eliminatório e classificatório, que costumam ser as que listamos abaixo.

1° etapa: prova objetiva

A prova objetiva é dividia em três blocos temáticos:

  • Bloco 1: Direito Constitucional; Direito Previdenciário; Direito Penal; Direito Processual Penal; Direito Econômico e de Proteção ao Consumidor (40 questões);
  • Bloco 2: Direito Civil; Direito Processual Civil; Direito Empresarial; Direito Financeiro e Tributário (30 questões);
  • Bloco 3: Direito Administrativo Direito Ambiental Direito Internacional Público e Privado (30 questões).

A prova contém questões são de múltipla escolha e exige que o candidato demonstre estratégias para realizar tudo em tempo hábil, previsto em edital. Nesta etapa, além da compreensão dos assuntos, destaca-se o candidato que trabalhar bem com o modelo de questão cobrado pela banca examinadora.

2° etapa: duas provas escritas

A segunda etapa apresenta duas provas escritas discursivas. Uma é composta por uma dissertação e quatro questões, que ficam a critério da comissão do concurso. A segunda é composta por duas sentenças: realizadas em dias sucessivos, uma é de natureza cível e a outra penal.

3° etapa: inscrição definitiva

A inscrição definitiva costuma ser dividida em três fases de caráter eliminatório:

  • sindicância da vida pregressa e investigação social: esta fase serve para averiguar a idoneidade moral do candidato, de acordo com aspectos cíveis e criminais.
  • exame de sanidade física e mental: esta etapa avalia a compatibilidade do candidato para com as exigências de aptidão física e mental necessárias para o exercício do cargo;
  • exame psicotécnico: esta etapa serve para examinar as condições mentais do candidato para o exercício das funções do cargo. Não se trata de avaliar a inteligência do candidato, mas características psicológicas que revelam traços de sua personalidade.

4° etapa: prova oral

A quarta etapa é composta por uma prova oral, de caráter classificatório e eliminatório, proposta pela comissão. Os candidatos são arguidos por cada membro da comissão acerca de questões relacionadas aos temas abordados nas provas da segunda etapa. Os temas são reunimos em um programa específico, publicado dias antes da realização da prova oral.

5° etapa: avaliação de títulos

A quinta etapa é composta pela apresentação da documentação relativa aos títulos do candidato, isto é, atividades profissionais e acadêmicas: exercício de emprego ou função pública privativa de bacharel em Direito pelo período mínimo de um ano, exercício efetivo da advocacia pelo período mínimo de três anos, diplomas em cursos de Pós-graduação etc.

Compreensão dos assuntos recorrentes

Em um bom curso preparatório para concurso de Juiz Federal, a organização das disciplinas apresentadas é feita de acordo com uma análise detalhada sobre os assuntos que mais caíram nos últimos certames para determinado cargo. Isso garante ao aluno a segurança de que ele está no caminho certo!

Direito penal geral, Direito processual penal, Direito tributário, Direito financeiro, entre outros temas não podem ficar de fora da rotina de estudos do candidato para o concurso de Juiz Federal.

Materiais de apoio

Um dos maiores desafios de uma jornada de estudos para concurso é encontrar uma fonte de materiais de qualidade, atualizados e de acordo com o concurso e cargo para o qual você vai concorrer. Um curso preparatório para concurso de Juiz Federal garante esse suporte, além de oferecer questões comentadas de provas anteriores e simulados para testar o seu conhecimento nos assuntos que vão cair.

Para cada videoaula, um material de apoio garante que os pontos centrais de tudo que foi apresentado possam ser revisitados de maneira mais organizada pelo aluno. Dessa forma, é possível sintetizar facilmente as informações importantes para a prova.

Na preparação para um concurso com o concurso para magistratura, esse tipo de estratégia ajuda bastante o candidato, tendo em vista a quantidade considerável de assuntos a ser estudado com muita antecedência. Assim, as revisões ficam cada vez mais práticas durante a rotina de estudos.

Abordar de forma completa os temas, as etapas e os demais requisitos é um dos diferenciais de um bom curso preparatório para concurso de Juiz Federal. Serviços com foco no aluno é o que garantem o suporte ideal para conseguir a aprovação: seleção de videoaulas atualizada constantemente, questões de concursos anteriores, acesso em diferentes mídias, acompanhamento de desempenho e muito mais.

Já conhece o Curso Ênfase? Apostamos na seriedade, em um grupo de professores especialistas e na alta tecnologia para criarmos uma máquina de aprovação nos concursos mais concorridos do Brasil. Para mais detalhes, acesse o nosso site e entre em contato!

Compartilhe este post

Voltar para Blog do Ênfase: Notícias, Artigos e Dicas Para Concursos Jurídicos