Estudar para concurso: 10 dicas para criar uma rotina de estudos

Voltar para Blog do Ênfase: Notícias, Artigos e Dicas Para Concursos Jurídicos
estudar para concurso

Estudar para concurso: 10 dicas para criar uma rotina de estudos

Criar uma rotina de estudos: está aí uma das maiores dificuldades de um concurseiro. Afinal, estudar para concursos significa uma preparação a longo prazo. Isso exige persistência, disciplina e organização para que bons resultados sejam alcançados lá na frente e a tão sonhada vaga seja conquistada.

Porém, apesar de desejarem a aprovação, é comum que as pessoas não saibam como estabelecer essa rotina. Tal desconhecimento pode ser prejudicial, já que, sem horários e matérias definidas para estudo diário, outros compromissos podem fazer com que os livros sejam deixados para depois e esse depois nunca chegue, ou reste pouco tempo para eles.

Pensando nisso, listamos 10 dicas para ajudar você nessa tarefa e, assim, ter maior rendimento nos estudos. Continue a leitura e confira!

1. Pratique o autoconhecimento

A primeira grande dica que podemos passar é: conheça a você mesmo! Pode parecer bobagem, mas identificar os seus pontos fortes, fraquezas e, claro, necessidades é um passo fundamental para que os seus estudos sejam ainda mais eficientes e a sua rotina, mais direcionada ao que realmente fará a diferença.

Saber, por exemplo, os melhores momentos para estudar, a quantidade de estudo diária, as matérias nas quais você apresenta mais dificuldade e outros aspectos são fatores essenciais para que a sua rotina seja bem aproveitada. Identificar os próprios limites também é importante para evitar a estafa mental e, claro, a procrastinação.

2. Faça um bom cronograma

O primeiro passo para criar uma rotina de estudos para concursos é elaborar um bom cronograma. Isso porque não registrar e organizar as matérias em dias e horários definidos pode fazer você se perder! Portanto, providencie um calendário e liste, em cada dia da semana, as disciplinas que você vai estudar.

Divida-as em períodos de tempo e, para cada uma, estabeleça horários diferentes para doutrina, legislação, jurisprudência, anotações do caderno e exercícios. É muito importante explorar todos esses métodos, e, para cumprir todos eles, defina o momento destinado a cada um.

3. Tenha um bom local de estudo

O local em que você estuda tem grande influência no seu rendimento, pois ele deve proporcionar tranquilidade e silêncio, para favorecer o foco e a concentração. Além disso, quando se pretende criar uma rotina de estudos, é fundamental que o lugar seja sempre o mesmo.

Afinal, estamos falando de repetição, de hábito, e mudar de ambiente com grande frequência pode atrapalhar o rendimento. Assim, escolha o local que deixa você mais confortável e concentrado. Pode ser uma sala de estudos, uma biblioteca, o escritório de casa ou até mesmo o seu quarto.

4. Estude editais anteriores

Você já deve saber que não é recomendado aguardar a publicação do edital do próximo concurso desejado para começar a estudar. Trata-se de uma estratégia arriscada, já que a preparação exige tempo e você pode não ter tanto assim quando ele sair.

Então, para ter um norte nos estudos até que isso aconteça e ajudar na sua rotina, prepare-se tendo como base editais anteriores. Os conteúdos dos exames para o mesmo cargo não costumam variar radicalmente de um concurso para outro. Então, antecipe-se e busque conhecer o que foi cobrado nas outras provas!

5. Aposte na escrita e memorização

Um dos maiores problemas vistos nos estudantes — especialmente quando nos referimos aos que prestam concursos da área jurídica, que traz muitas informações, detalhes e dados que devem ser memorizados — diz respeito aos problemas de memorização. Por isso, abusar da escrita, realização de resumos e outras técnicas é muito importante para evitar os brancos na hora da prova!

Uma boa dica é a realização de mapas mentais, estratégia que ajuda muito na fixação de conteúdos por meio de gráficos e diagramas simples de serem feitos. No entanto, resumos clássicos também são uma ótima pedida. Identifique o que funciona melhor para você!

6. Converse com outros candidatos

Muitas vezes, nos sentimos desmotivados e até mesmo desesperançosos. Isso é muito comum, especialmente quando falamos sobre concursos muito concorridos. A conquista da vaga parece até mesmo um sonho impossível. No entanto, saiba que isso não é verdade: você tem tudo para conquistar os seus objetivos!

Uma ótima maneira de se manter firme é conversar com outros candidatos, que estão no mesmo barco que você e podem dar dicas de como organizar a rotina de forma eficiente. Além disso, discutir o tema com quem já passou pelo concurso e foi aprovado é também muito interessante para a motivação.

7. Busque estratégias para ficar motivado

Já que estamos nos referindo à motivação, vamos discutir esse tema de uma maneira um pouco mais aprofundada. Ao longo dos estudos, é perfeitamente normal se sentir desanimado de vez em quando. Esses períodos, no entanto, não devem ser longo e muito menos prejudicar o seu rendimento ao estudar.

Por isso, busque maneiras de se motivar, seja com a conversa com outros candidatos, como mencionado anteriormente, ou com outras técnicas. Bons exemplos são as recompensas para si mesmo, a prática de atividades que tragam prazer e muitas outras. Novamente, identifique o que será mais benéfico para a sua rotina!

8. Adote boas técnicas de revisão

Uma de nossas últimas dicas é, também, uma das mais importantes. Não se esqueça de caprichar nas técnicas de revisão! Esse cuidado é essencial para fazer com que o seu cérebro relembre de pontos importantes e que, infelizmente, vão sendo deixados de lado ao longo do ano.

Estude a técnica de revisão que mais funciona para você. Cada pessoa precisa de uma frequência diferente. Uma boa dica para escolher a melhor estratégia é contar com os conselhos de quem realmente entende do assunto. Por isso, agora, falaremos sobre a importância do acompanhamento de um curso preparatório!

9. Faça um curso online

A possibilidade de assistir aulas de qualquer lugar e a qualquer momento é maravilhosa, você não acha? A falta de tempo de muitos concurseiros faz com que seja necessária uma maior flexibilidade de horários para os estudos. Ademais, há uma grande necessidade de ser eficiente. Nesse contexto, o curso online se mostra como a melhor solução.

Então, procure fazer um. Além dos benefícios já citados, você poderá acompanhar os conteúdos no seu ritmo e mais de uma vez, já que é possível dar pause, voltar e repetir os vídeos. Assim, você garante que as disciplinas serão assimiladas com qualidade e o aprendizado será ainda mais proveitoso. Que tal?

10. Cuide da sua saúde

Ser concurseiro não significa apenas ficar sentado em uma cadeira, de frente para os livros, cadernos e o computador. É preciso tempo para cuidar da saúde, e isso também faz parte da estratégia para alcançar a aprovação.

Pratique atividades físicas regularmente e alimente-se bem, para garantir um bom funcionamento do corpo. Afinal, se ele está bem, as chances de a mente também estar são maiores. Por falar nisso, dormir bem também é necessário, pois o cérebro precisa descansar, até mesmo para fixar melhor o que foi estudado. Lembre-se disso!

Sendo assim, para estudar para concurso com qualidade, é fundamental criar uma rotina de estudos. E, embora isso pareça difícil a princípio, você deve ter percebido que não é. Basta aplicar as dicas que listamos acima.

Dessa maneira, a partir de um bom cronograma, definindo local adequado, estudando por editais anteriores, fazendo curso online e cuidando da sua saúde, torna-se possível criar bons hábitos de estudos. Com isso, você traçará um bom caminho rumo à aprovação! Para mais ótimas dicas, nos siga em nossas redes sociais: estamos no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube!

Compartilhe este post

Voltar para Blog do Ênfase: Notícias, Artigos e Dicas Para Concursos Jurídicos