É preciso ter concluído a faculdade para prestar concurso público?

Uma das maiores dúvidas dos estudantes que estão se graduando é se precisam de fato ter concluído a faculdade para prestar concurso. Isso porque os altos salários, a estabilidade e os benefícios gerados através dos certames são atrativos que todos almejam.

Dito isso, alguns fatores aparecem como preponderantes para descobrir se pode ou além disso, se vale a pena, prestar um concurso público antes mesmo de se ter concluído a graduação. 

Primeiro que a conciliação da rotina de estudos da graduação mais a de concurso pode ser muito cansativo, e em segundo lugar, o estudante fica na dúvida se participa ou não do certame, já que a exigência é que todos sejam diplomados para tomar posse.

Fique conosco que ao longo do texto você descobrirá se é preciso ou não ter concluído a faculdade para prestar concurso público!

Leia mais:

Estudar para concurso: 10 dicas para criar uma rotina de estudos

5 razões para você não desistir de estudar para concursos públicos!

Concluir a faculdade para prestar concurso é obrigatório?

Não, não é obrigatório que o estudante tenha finalizado a faculdade para depois poder prestar um concurso público! Cada concurso possui regras específicas dentro do edital, então procure entender o que está escrito nele.

Na maioria dos concursos de nível superior o edital deixa claro que é preciso apresentar certificado de conclusão de curso (graduação) no momento da posse do cargo.

Portanto, é possível sim que o estudante seja aprovado durante os estudos na faculdade e, durante as etapas do concurso, tenha tempo suficiente para se formar até a data de nomeação no cargo escolhido.

Concursos para Juiz e Promotor

Os concursos da Magistratura e do MP não se enquadram nessa questão. Isto porque obrigatoriamente para se tornar um Juiz ou Promotor é preciso possuir pelo menos 3 anos de experiência comprovada na área jurídica.

Então, assim que o candidato se inscreve nesses tipos de concurso ele de cara já precisa apresentar a documentação necessária com os requisitos exigidos pelo certame. Veja o exemplo abaixo do que é cobrado:

  • Registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB);
  • Ser bacharel em Direito;
  • Cumprir, no mínimo, 3 anos de atividade jurídica.

Súmula n.266 do STJ

De acordo com a Súmula n.266 do STJ: “O diploma ou habilitação legal para o exercício do cargo deve ser exigido na posse e não na inscrição para o concurso público.”

Mas como sempre ouvimos existe a máxima que o “edital é a lei do concurso público”, então o que está escrito no edital é o que será validado. Todos os atos que verdadeiramente regem o concurso público devem, de fato, ser seguidos, que nesse caso é o edital.

Se gradue o mais rápido possível

Se o seu desejo é ser aprovado em um concurso público, tenha em mente que postergar a sua graduação na faculdade só vai dar dor de cabeça. Se gradue o mais rápido possível e resolva todas as pendências junto a instituição em que você finalizou esta etapa de vida.

Essa dica também serve para você poder focar no que importa e, de fato, estudar as disciplinas que serão cobradas no certame desejado, sem as cobranças dos seus estudos na faculdade.

Comece estudando pelo básico

Tendo em vista que estudar para uma faculdade já não é fácil, conciliar os estudos preparatórios de concursos com mais esses compromissos vai te deixar sobrecarregado. Comece estudando as disciplinas que são mais básicas e comuns em todos os exames, e que de certa forma não vão te exigir um esforço dobrado.

Estudando matérias como Português, Contabilidade e Raciocínio Lógico farão com que você ao finalizar a graduação já esteja bem avançado em relação aos outros concorrentes.

Invista no Curso Ênfase, um curso preparatório para concursos

Todo concurso público é muito concorrido. Isso faz com que o preparo para a prova exija muito do candidato. Embora alguns prefiram estudar sozinhos em casa, ser aprovado em um desses concursos não é algo tão simples e é preciso investir em um curso preparatório.

A falta de preparo é a principal barreira entre o concurseiro e a tão sonhada vaga. Nesse sentido, o Curso Ênfase é um aliado, pois ajuda o aluno a criar uma rotina de estudo e eleva sua autoconfiança. Além do mais, só aqui é possível tirar todas suas dúvidas sobre o assunto com os melhores profissionais da área.