O que faz um Procurador Federal?

No mundo dos concursos públicos um dos cargos mais importantes e desejados é o de Procurador Federal. Com uma excelente remuneração e um papel de destaque na sociedade, o Procurador possui diversas responsabilidades, sendo ele o principal representante que atua, dentro desse universo jurídico, com ações judiciais e demandas extrajudiciais.

Quem almeja alcançar esse cargo necessita de foco, resiliência e uma preparação toda voltada para a carreira em questão. Apenas os candidatos que realmente investem grande parte do tempo se dedicando conseguem uma vaga em um concurso de alto nível assim. 

A partir de agora vamos destrinchar tudo sobre esta carreira, e te passar informações importantes sobre as suas atribuições, etapas do certame e muito mais. 

Leia também:

Quais as diferenças entre Procurador e Promotor de Justiça?

Como estudar para concurso público: seu guia completo

O que faz um Procurador Federal?

Representando  as autarquias e fundações públicas federais, o Procurador Federal exerce o papel de advogado dessas organizações. 

E, de acordo com o Artigo 10 da Lei nº 10.480:

“À Procuradoria-Geral Federal compete a representação judicial e extrajudicial das autarquias e fundações públicas federais, as respectivas atividades de consultoria e assessoramento jurídicos, a apuração da liquidez e certeza dos créditos, de qualquer natureza, inerentes às suas atividades, inscrevendo-os em dívida ativa, para fins de cobrança amigável ou judicial.”

Além disso, são responsáveis pelo desempenho das atividades de consultoria e assessoramento das mais de 150 autarquias e fundações públicas federais que representam.

No começo da carreira, os Procuradores são lotados em cidades de fronteira do Brasil ou cidades na região Norte, principalmente no interior. 

Qual é o salário de Procurador Federal?

O salário médio nacional de um Procurador Federal gira em torno de R$ 28.480,00 no país. Em alguns casos essa quantia passa dos R$ 32.000,00. Além desse alto valor, os que conquistam tal tipo de posição são beneficiados com diversos auxílios que os garante maior estabilidade ao longo da vida, veja abaixo:

– Auxílio-alimentação;

– Auxílio-transporte;

– Auxílio-moradia;

– Ajudas de custo;

– Auxílio-creche.

junte-se ao telegram

Quais os requisitos para se tornar um Procurador?

Abaixo vamos listar todos os requisitos necessários para conquistar esse cargo, sempre lembrando que, diferente de outros concursos públicos, neste é obrigatório comprovar os 2 anos de experiência jurídica no momento da inscrição.

Veja os requisitos para iniciar na carreira:

  • ser bacharel em Direito;
  • ter inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB);
  • ser de nacionalidade brasileira, nato ou naturalizado;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais e militares;
  • ter tempo de exercício de atividade jurídica de, no mínimo, 2 anos.

Qual a diferença entre Procurador Federal e Juiz Federal?

Diferentemente do Procurador Federal que representa judicialmente e extrajudicialmente todas as autarquias e fundações públicas federais, compete ao Juiz Federal decidir tomar decisões importantes sobre esses órgãos, julgando os processos em que eles estejam envolvidos.

Quem ganha mais Procurador ou Juiz Federal?

O salário de um Procurador é maior do que o de um Juiz Federal, isso porque não existe o cargo de Procurador Substituto como há Juiz Federal Substituto. 

Falando em questão de valores, um Juiz Federal Substituto recebe atualmente R$ 27.500,17 mais o auxílio-moradia, enquanto um Procurador é de R$ 28.480,00 (média do país) juntamente com o benefício de auxílio-moradia.

Prepare-se com o Curso Ênfase

O Curso Ênfase oferece uma variedade de cursos preparatórios na área jurídica que vão fazer toda a diferença na sua preparação. E com essa chuva de editais, desistir não é uma opção! 

E mais, precisa colocar os estudos em dia? Nós também montamos planners para você cumprir todo o cronograma de conteúdos da carreira jurídica escolhida! Escolha aqui o seu planner desejado!