9 dicas que vão aumentar sua produtividade nos estudos

Voltar para Blog do Ênfase: Notícias, Artigos e Dicas Para Concursos Jurídicos
Produtividade nos estudos

9 dicas que vão aumentar sua produtividade nos estudos

Dedicar-se aos estudos nem sempre é uma tarefa fácil. Encarar esse tipo de rotina pode ser um desafio para muitas pessoas, até mesmo para as mais disciplinadas ou interessadas em alcançar um objetivo. Sendo assim, aumentar a produtividade nos estudos é fundamental para quem deseja uma boa colocação em vestibulares ou em concursos públicos.

Provas muito concorridas demandam que o candidato se prepare exaustivamente, seja pelo estudo teórico ou com simulados. Tudo isso faz toda a diferença na reta final, ou seja, no momento do exame. Mas afinal, como aumentar a produtividade e fazer com que a hora dos estudos renda o máximo possível?

A seguir, apresentamos algumas dicas essenciais para que você absorva o conteúdo de maneira mais simples e objetiva, de modo que seu momento com livros e apostilas seja cada vez mais eficiente e produtivo. Boa leitura!

1. Monte um cronograma de estudos

O primeiro passo para se sair bem nos estudos é criar um cronograma para auxiliá-lo com sua rotina. Ele deve ser feito de modo personalizado, respeitando suas necessidades e capacidades individuais, além, é claro, de sua rotina pessoal, que não deve ser prejudicada, mas sim otimizada.

Priorize as matérias nas quais têm mais dificuldade e dedique-se a elas quando estiver mais descansado e concentrado, mas nunca deixe os simulados de fora de sua organização! É importante também conhecer o edital para dividir o tempo de estudo para cada disciplina.

2. Estude em um local adequado

O ambiente de estudos também afeta o resultado final. É fundamental que o candidato esteja atento à sua postura, em um local devidamente iluminado e confortável. Um espaço silencioso também pode proporcionar maior produtividade.

Sendo assim, é indicado que os estudos aconteçam sempre no mesmo ligar, criando uma conexão cerebral entre o momento de estudar e o ambiente escolhido. Esse tipo de cuidado fará com que as horas de estudo rendam muito mais!

3. Desligue as notificações das redes sociais

Quem é que não está constantemente conectado nas redes sociais hoje em dia? É bem difícil encontrar uma pessoa que atenda a esses requisitos. Por isso, é natural que você utilize a web para relaxar, se manter informado e também para se conectar com amigos e familiares. No entanto, quando utilizada da maneira errada, ela pode ser um perigo.

Mantenha, portanto, o celular longe de você, desative as notificações ou deixe o aparelho no modo silencioso e busque se concentrar no que está fazendo. As olhadinhas nas redes sociais podem ser feitas durante as pausas periódicas, apresentadas logo a seguir.

Curso Preparatório para Concurso Público

4. Fuja das distrações

Outro ponto importante do ambiente de estudos é a fuga das possíveis distrações para evitar a procrastinação. Além do celular, sobre o qual já falamos anteriormente, é fundamental fugir de outras armadilhas que podem ser potencialmente perigosas.

As distrações vêm em todas formas e algumas pessoas têm, naturalmente, uma dificuldade maior de focar em um determinado assunto. Por isso, minimize as possíveis ocorrências e foque em pausas estratégicas, o nosso próximo ponto de interesse em nossa conversa.

5. Faça pausas estratégicas

Há quem ache que as pausas podem parecer demonstração de fraqueza ou até mesmo perda de tempo. No entanto, nosso cérebro precisa de pequenos descansos para continuar a absorver conteúdo adequadamente e, claro, para evitar as distrações mencionadas nos dois tópicos anteriores.

Técnicas específicas, como a Pomodoro, podem ser utilizadas para fazer uma gestão adequada das pausas durante os estudos. Inclusive, falaremos sobre os métodos de estudo e estratégias que podem ser usadas para otimizar o aprendizado logo a seguir!

6. Utilize métodos de estudo diferentes

Outra maneira de conseguir sucesso nos estudos é variar nas técnicas utilizadas. Além da Pomodoro, mencionada anteriormente — que possibilita o controle de pausas por meio de uma maneira cujos benefícios são cientificamente comprovados —, há várias outras, como o estudo intercalado e a interrogação elaborativa.

O interessante é pesquisar bem as alternativas possíveis e testá-las, descobrindo qual delas combina com o seu estilo de aprendizado e traz mais benefícios para os seus estudos. Cada pessoa terá uma técnica preferida e o que funciona para um, pode não ser exatamente o ideal para outro indivíduo.

7. Não veja a tecnologia como vilã

Por muitos anos, a tecnologia foi vista como uma verdadeira vilã do aprendizado. Hoje, no entanto, já se sabe que isso é um grande mito. Boa prova disso é o aumento considerável de cursos ministrados completamente online — algo que vale, inclusive, para graduações completas na modalidade EAD.

Por isso, passe a olhar para as ferramentas tecnológicas sob uma ótica diferente: comece a vê-las como aliadas de seu aprendizado. Há, por exemplo, vários aplicativos que podem ser utilizados tanto para que você possa estudar, quanto para organizar a sua rotina e trazer mais segurança nesse aspecto.

8. Cuide de sua saúde

Agora, não podemos deixar de citar os cuidados com a saúde. A prática regular de exercícios físicos, uma alimentação saudável e noites bem dormidas são essenciais para que os estudos fluam bem.

Não deixe de cuidar do seu corpo ou isso poderá refletir negativamente em seus resultados nas provas, fazendo com que você chegue ao momento dos exames já cansado, estafado e, claro, menos produtivo.

9. Encontre um hobby

Por fim, é bacana mencionar a importância de um hobby para os estudantes. Para os concurseiros, obviamente, isso não é diferente! Os momentos de lazer são absolutamente indispensáveis para recarregar as energias e dar aquele gás para que o cérebro continue funcionando a todo o vapor.

Encontre, portanto, algo que o faça feliz. Que tal aprender a tocar aquele instrumento que você sempre sonhou, ou finalmente iniciar as aulas de artes marciais? A escolha é completamente sua!

Como acabamos de ver, é preciso muito mais que horas dedicadas a livros e apostilas para aumentar a produtividade nos estudos. Precisamos também manter o corpo e a mente sãos. Afinal, com o cérebro e o corpo descansados e em equilíbrio, as chances de o estudo ser produtivo são bem maiores.

Para que você extraia o máximo do seu momento de estudos, a organização de um cronograma é fundamental. Confira agora nosso artigo com um passo a passo para montar um plano de estudos realmente eficiente!

Compartilhe este post

Voltar para Blog do Ênfase: Notícias, Artigos e Dicas Para Concursos Jurídicos